Top 100 MilkPoint – 2011: conheça os maiores produtores de leite do Brasil

abr 10, 2012   //   de admin   //   Blog, Gestão, Mercado, Notícias  //  Nenhum Comentário

O site MilkPoint finalizou o levantamento Top 100 2011 – base 2010, que reúne os 100 maiores produtores de leite no ano passado. O Levantamento Top 100 é uma iniciativa do MilkPoint, realizada pela primeira vez em 2001, visando conhecer quais eram e aonde se localizavam os maiores produtores de leite do Brasil, suprindo uma lacuna de informação existente no setor e permitindo que se acompanhasse, no âmbito dos grandes produtores, as alterações da chamada “geografia do leite no país”.

Para esse levantamento contamos com a colaboração de centenas de leitores, o que tornou possível obter as informações necessárias para a publicação da listagem dos 100 maiores produtores de leite.

Esta iniciativa contou com o apoio das empresas Alltech, CRV Lagoa, Elanco Saúde Animal, Nutron Alimentos, Pioneer e Sulinox, às quais agradecemos pela viabilização do levantamento.

Para ler ver o Top 100 MilkPoint – 2011 na íntegra, clique aqui.

Segue o resumo das principais conclusões do levantamento:

– Os 100 maiores produtores em 2010 produziram, em média, 1,78% a mais do que os 100 maiores de 2009, mostrando que a produção ficou praticamente estável.

– O sistema de produção de maior ocorrência entre os 100 maiores foi o Confinamento Total dos animais, com 50%, mostrando uma vantagem em relação ao sistema de Semi- Confinamento, utilizado por 33% dos produtores. Não houve alteração no número de propriedades que utilizam sistemas baseados em pastagens em relação ao ano passado (17%).

– A média de produção dos rebanhos confinados foi de 28,33 kg/dia. No semi-confinamento foi de 22,11 kg/dia e em sistemas de pastagens, 20,47 kg/dia. Das 20 novas fazendas que entraram no Top 100 neste ano, 10 utilizam o sistema confinado, 6 possuem o sistema semi- confinado e 4 usam predominantemente pastagens.

– A raça holandesa continua sendo a principal raça utilizada, sendo que 50% dos produtores fazem o uso somente desta raça em suas propriedades. Grande parte da outra metade dos produtores também utiliza a raça holandesa, porém, juntamente com outras raças, sendo elas Girolando, Mestiços, Jersey, Gir, Pardo-Suíço e Sueco Vermelho. Dentre os 100 maiores produtores, 25% utilizam mais de uma raça em sua propriedade, e 15% utilizam mais que duas.

– Minas Gerais é o principal estado produtor de leite e continua líder no número de fazendas, tendo aumentado a sua participação em comparação a anos anteriores, passando de 45% em 2009 para 48% em 2010. São Paulo tem tido queda de 1% ao ano: em 2008 possuía 11% das propriedades e, este ano, passou a ter 9%. Curiosamente, os 3 maiores produtores do país são de São Paulo – 3 produtores de leite tipo A. O Paraná mantém firme a segunda posição, com 20% das propriedades. Poucas modificações ocorreram nos outros estados, a não ser pela presença de dois novos estados no ranking, Pernambuco e Bahia.

– A média geral de produção por vaca (não ponderada) foi de 24,83 kg/vaca/dia, variando de 12,1 a 39,5 kg/vaca, refletindo amplas variações nos sistemas de produção adotados. O estado do Paraná concentrou os melhores resultados, com 9 propriedades entre as 10 melhores médias; restante localiza-se no estado de São Paulo.

– Foram 48 o número de laticínios diferentes que adquiriram o leite dos Top 100.

– Em 2010, 46,8% dos 100 maiores produtores tiveram um custo operacional entre R$ 0,65 a R$ 0,75 por litro de leite. Em seguida, a faixa de R$ 0,55 a R$ 0,65 foi citada por 24,5% dos produtores. 14,9% dos produtores tiveram um custo operacional acima de R$ 0,75/litro e por fim, 2,1% tiveram seus custos abaixo de R$ 0,45/litro.

Fonte: MilkPoint
http://www.milkpoint.com.br/cadeia-do-leite/artigos-especiais/top-100-milkpoint-2011-conheca-os-maiores-produtores-de-leite-do-brasil-69733n.aspx

Deixe um comentário

CAPTCHA Image

Reload Image

Assine nossa Newsletter

Arquivos